Escola pública

Impacto social: gestão para resultados, baseada em evidências, na rede pública

Indicadores empoderam cada vez mais secretarias, redes, regionais e escolas para tomarem melhores decisões. O projeto Foco Brasil já é realidade em São Paulo, Pernambuco, Espírito Santo, Pará, Paraíba, Piauí e Mato Grosso do Sul.

Nos últimos anos, as avaliações padronizadas e a informatização das redes avançaram no Brasil. Ainda assim, o uso de indicadores continuava distante da sala de aula. A Tuneduc cria plataformas sob-medida para o setor público, com dados articulados independentemente da origem e do fornecedor: informações pedagógicas, demográficas, socioeconômicas e de infraestrutura em um só local.

Com os indicadores, gestores públicos desenham políticas mais efetivas e alocam melhor os recursos disponíveis. Em sala de aula, os relatórios facilitam o acompanhamento da aprendizagem e a personalização do ensino.

Em alguns dos estados atendidos, o projeto oferece uma formação completa para técnicos das secretarias e gestores escolares aprimorarem o uso de evidências na tomada de decisões.

Inovação em análise de dados no setor público.
O nosso compromisso com impacto social no Brasil.

Mais de 5,5 milhões de alunos e 300 mil professores de 7 mil escolas impactados pelas soluções na rede pública.

Soluções Entregues

Nosso Modelo

Todos os níveis, uma plataforma

Secretaria de educação

Elementos fundamentais para gestão de resultados, desenho de políticas públicas e alocação de recursos.

Regionais

Acompanhamento e monitoramento de grupo de escolas e tomada de decisão com evidências.

Gestão (escola)

Acompanhamento de metas de aprendizagem e facilitação de processos.

Professores e coordenadores

Planejamento pedagógico, produção de diagnósticos e individualização do ensino.

"As escolas encontravam dificuldades para digerir os resultados das avaliações padronizadas e, portanto, fazer o planejamento pedagógico baseado nessas informações. Hoje, os educadores dessas redes sabem exatamente os conteúdos que precisam ser reforçados para que o aluno saia da escola melhor preparado. Ainda há muito o que avançar na educação brasileira. Os dados são cruciais porque guiam o percurso e mostram se estamos na direção certa".
Ricardo Madeira Sócio-fundador da Tuneduc

Conheça as ferramentas da plataforma

Agrupamento de escolas

Esta ferramenta exclusiva permite que diretorias e regionais agrupem escolas a partir de características comuns (pedagógicas, socioeconômicas ou estruturais) para construção de políticas públicas mais adequadas.

Painel de indicadores e Simulador

Mostra em detalhe os componentes de desempenho e do fluxo escolar no nível escola, diretoria e rede e permite simulações de diferentes cenários.

Indicadores antecedentes

A ferramenta faz uso de inteligência de dados para acompanhar o atingimento de metas pré-estabelecidas ao longo do ano.

Chega de abandono

Um poderoso algoritmo cruza informações socioeconômicas, notas e frequência para criar um ranking de alunos com mais chances de abandonar a escola e assim focalizar políticas.

Planos de ação

Educadores podem criar iniciativas a partir de indicadores-chave e estabelecer objetivos. Pode ser articulado com as regionais, que validam e acompanham os planos.

Articulação de soluções

Permite que as redes façam upload de materiais de apoio, indexados às habilidades - objetos digitais, applets, sequências didáticas, vídeos e mais.

Visão prospectiva

Devolutiva de avaliações (TRI ou TCT) no nível do aluno, escola e rede, além da análise estatística e pedagógica dos itens. Permite o acompanhamento e monitoramento contínuo pela rede.

Diagnóstico Enem

Devolutiva de avaliações (TRI ou TCT) no nível do aluno, escola e rede, além da análise estatística e pedagógica dos itens. Permite o acompanhamento e monitoramento contínuo pela rede.

Diagnóstico Enem

A plataforma organiza os microdados do Enem para municiar o trabalho das secretarias com os resultados da principal avaliação nacional de ingresso ao ensino superior.

Mapa de habilidades

Transforma as avaliações padronizadas públicas em um poderoso mapa de devolutiva, com habilidades prioritárias agrupadas no nível da escola, diretoria e rede.

Plataforma de gestão e devolutiva de avaliações processuais (Saresp e AAP) no estado de São Paulo.

Mais de 3,5 milhões de alunos e 190 mil professores de 5 mil escolas impactados

 

Plataforma de gestão e devolutiva de avaliações processuais no estado do Mato Grosso do Sul.

 

Plataforma de gestão e devolutiva de avaliações processuais no estado do Espírito Santo.

Plataforma de gestão e devolutiva de avaliações processuais no estado do Piauí.

Plataforma de gestão e devolutiva de avaliações processuais no estado de Pernambuco, além de formação para uso de dados.

Mais de 480 mil alunos e 23 mil professores de 1000 escolas impactados

Plataforma de gestão e devolutiva de avaliações processuais no estado do Pará.

Mais de 500 mil alunos e 24 mil professores de 849 escolas impactados

Plataforma de gestão e devolutiva de avaliações processuais no estado da Paraíba.

Mais de 200 mil alunos e 16 mil professores de 700 escolas impactados

Plataforma de gestão e devolutiva de avaliações processuais na cidade de Salvador.

Mais de 110 mil alunos e 5 mil professores de 419 escolas impactados

Quer entender melhor como o sistema funciona?